SBMM

Uso de Titânio em implantes

Artigo brasileiro apresenta resultados inéditos sobre o uso de titânio em implantes.

A odontologia e a ortopedia têm vivido uma verdadeira revolução visando oferecer a pacientes implantes que reúnam confiabilidade, conforto e durabilidade. Devido à sua excelente biocompatilidade, o titânio e suas ligas vêm sendo utilizados em implantes dentários e cirurgias artroplásticas totais do quadril. Entretanto, esses implantes sofrem degradação em sua superfície, liberando íons metálicos que provocam processos inflamatórios (peri-implantite) na região.

No artigo intitulado “Trojan-Like Internalization of Anatase Titanium Dioxide Nanoparticles by Human Osteoblast Cells”, publicado na Nature Scientific Reports, pesquisadores de instituições brasileiras – entre elas o INMETRO, UFRJ, UNESP e CBPF – e do exterior tentam desvendar algumas questões ligadas ao processo de internalização de nanopartículas de dióxido de titânio em células ósseas primárias.

Técnicas avançadas de microscopia eletrônica de transmissão como STEM-EDX, SAED, EELS e tomografia de elétrons foram usadas e mostraram que uma camada de cristais de fosfato de  cálcio e proteínas recobre a superfície das nanopartículas de titânio o que permite sua internalização nas células. O modelo contribui para o desenvolvimento de novas estratégias em terapias regenerativas.

Para ler o trabalho completo acesse: http://www.nature.com/articles/srep23615

Voltar
img1

Associe-se

img1

Empresas Associadas

img1

Centros e Laboratórios

Galeria de Imagens

Empresas Associadas

FEI | ALTMAN ZEISS SHIMADZU TESCAN DO BRASIL FEI | ALTMAN JEOL DP UNION HITACHI Bruker

Assine nossa Newsletter